Blog

Ontem, dia 14 de janeiro, foi dia da primeira Patch Tuesday de 2020 da Microsoft, desta vez destaca-se uma vulnerabilidade de gravidade crítica no sistema operativo Windows, esta foi reportada pela NSA, agência de segurança nacional dos EUA.

Esta Patch Tuesday também fica marcada pelo fim de vida do Windows 7.

Um relatório recém-divulgado do CNCS (Centro Nacional de Cibersegurança) revela que, comparando com a média da UE (União Europeia), os portugueses têm menos cuidado com a segurança das suas passwords e sentem-se menos bem informados sobre cibersegurança.

A The Heritage Company, empresa de telemarketing sediada nos EUA, deixou 300 pessoas desempregadas após não conseguir recuperar de um ataque de ransomware, que aconteceu no início de outubro de 2019.

A Kapersky, em parceria com o designer Benjamin Waye e a organização Archetype, criou um anel com um padrão de impressões digitais artificiais com a intenção de proteger as impressões digitais do utilizador, em casos que esta seja precisa para autenticação.

Esta vulnerabilidade foi encontrada na tecnologia GameStream e permitia que um atacante conseguisse obter acesso ao computador do utilizador e até conduzir um ataque DDoS (Distributed Denial-of-Service).

Esta situação deve-se a uma vulnerabilidade crítica encontrada no Citrix Application Delivery Controller e no Citrix Gateway (anteriormente conhecidos como Netscaler ADC e Netscaler Gateway).

Empresas com aplicações publicadas usando estas tecnologias e que não tenham ainda mitigado a vulnerabilidade estão a expôr a sua rede interna a acessos não autorizados.