Blog

A Microsoft lançou no passado dia 9 de abril de 2019 atualizações de segurança para os seus softwares. São 74 as vulnerabilidades, entre as quais 13 estão classificadas como críticas e as restantes 61 como importantes.

Depois de ter sido encontrado a ser distribuído por apps maliciosas através da Google Play Store agora é a vez do iOS de ser alvo do malware de espionagem Exodus.

A Cisco corrigiu duas vulnerabilidades nos seus routers que supostamente já teriam sido corrigidas em setembro de 2018, acontece que estas não foram corrigidas corretamente.

Anunciou também duas novas vulnerabilidades de gravidade média.

Esta aplicação, Guard Provider, vem pré-instalada no smartphone e é impossível de remover, tornando assim um antivirus numa falha de segurança.

Com esta vulnerabilidade uma entidade maliciosa consegue ganhar acesso a ficheiros e injetar malware no smartphone da vítima, através de um Man-In-The-Middle (MiTM) attack.

No passado dia 1 de abril a Apache Software Foundation divulgou uma importante vulnerabilidade que permite a scripts executar código, em processos/threads filhos - com menos privilégios, com os privilégios do processo pai, na maior parte dos casos sendo root.

Hackers estão a usar websites baseados nos Content Management Systems (CMS) WordPress e Joomla para espalhar malware pelos seus visitantes.