Denúncias de vítimas de ataques cibernéticos aumentaram 69% em 2020, informa o FBI

Denúncias de vítimas de ataques cibernéticos aumentaram 69% em 2020, informa o FBI

De acordo com dados de um relatório publicado pelo FBI, a agência recebeu mais de 28.000 denúncias de ataques relacionados à Covid-19 durante o ano de 2020.

O FBI registrou um recorde de 791.790 denúncias de ataques cibernéticos em 2020, que resultou em mais de US$ 4,2 bilhões em prejuízos, segundo informações da edição 2020 do relatório Internet Crime Report (ICR) que é realizado pelo FBI. Em comparação com 2019, o número de denúncias apresentadas por vítimas de vários tipos de ataques cibernéticos aumentou 69%. Este fenômeno não aconteceu apenas nos Estados Unidos, mas sim em vários países no ano passado.

Como já era esperado, o ano passado foi marcado por ataques que procuravam explorar vários aspectos ligados à pandemia de Covid-19, o que fez com que o Internet Crime Complaint Center (IC3) do FBI recebesse mais de 28.500 denúncias. A maioria dos casos estão relacionados aos auxílios emergenciais no contexto da pandemia, e muitas das vítimas relataram não saber que os ladrões haviam usado a sua identidade para enviar pedidos de recebimento do benefício promovido por vários governos pelo mundo.

Depois que os governos começaram a implementar os programas de vacinação para a Covid-19, muitos cibercriminosos mudaram de direção e vários ataques relacionados a vacinas começaram a circular, incluindo anúncios falsos oferecendo a oportunidade de comprar as vacinas.

Para mais informações podem consultar: Denúncias de vítimas de ataques cibernéticos aumentaram 69% em 2020, informa o FBI

A WeSecure assegura diversos serviços nas áreas de cibersegurança, cibercrime, privacidade dos dados (RGPD) e análise forense, através de recursos especilizados e com experiência na área. Para mais informações contacte-nos.

info wesecure

Previous Post Next Post