Blog

Embora o sector transformador tenha constituído apenas 18% de todos os casos de resgate pagos no ano passado, foi o que representou o maior número de resgates pagos, com mais de 6,9 milhões de dólares transferidos para cibercriminosos em 2019, indica um novo estudo da Kivu Consulting, consultoria global de segurança cibernética.

Embora as pequenas empresas estejam menos disponíveis para fornecer aos seus colaboradores dispositivos para trabalharem a partir de casa, apenas um terço dos funcionários (34%) deste tipo de empresas recebeu instruções sobre como trabalhar em segurança em computadores portáteis pessoais, tablets e smartphones, durante o período de confinamento. Esta é uma das conclusões de um estudo da Kaspersky sobre o teletrabalho, que realça a importância da protecção e da sensibilização para a segurança nas empresas de menor dimensão.

Desde o passado dia 6 de julho que foram detetadas 3 campanhas de phishing provenientes do mesmo servidor e com o objetivo de roubar dados e pessoais e de cartões de crédito das vítimas.

As empresas personificadas nestes ataques foram: SAPO, MEO e Banco Santander.

Os indicadores explorados pelo Gabinete de Cibercrime da Procuradoria Geral da República revelam que, após a eclosão da situação provocada pelo novo coronavirus, o número de cibercrimes “multiplicou-se de forma exponencial” nos primeiros cinco meses do ano.