Blog

53% dos CISOs e CSOs no Reino Unido relataram que a sua organização sofreu pelo menos um ataque cibernético significativo em 2020, com 14% a sofrer vários ataques, revela uma pesquisa da Proofpoint.

Os recentes ataques à cadeia de suprimentos levaram os profissionais de segurança cibernética, sob os auspícios da Cybersecurity Collaborative, a criar uma força-tarefa focada em minimizar o risco de terceiros.

A epidemia do COVID-19 causou uma mudança repentina nas compras online. Isso fez com que os invasores tentem regularmente invadir a infraestrutura dessas organizações.

O setor de saúde já está a enfrentar os desafios impostos pela pandemia global COVID-19, no entanto, os ataques cibernéticos em curso estão a tornar difícil lidar com a situação. Recentemente, os ataques de espionagem à pesquisa e propriedade intelectual do COVID-19 aumentaram.